sexta-feira

E por fim, aqui estou eu





Talvez até a mais forte das pessoas tenha desmoronado alguma vez... Talvez até na mais insensível das pessoas algo a tocou verdadeiramente... Talvez até na mais amarga das pessoas tenha havido um momento em que o amargo se tornou doce.
De verdade, foge da minha explicação.
Li livros de depressão. Li cartas de amor que achei por aí. Assisti filme que passa na tarde de domingo e faz qualquer um chorar. Já andei com vontade de cair. Mas pra nada disso tive explicação.
Senti dores de saudade por causa de momentos que por algum motivo acabaram sem eu perceber. Chorei na frente do espelho por olhar um rosto e não saber o que enxergar. Já olhei pro céu, na esperança de que este me mostrasse o que eu não conseguia ver. Fiz minha seleção de música triste, que me tocaram o coração apenas pela melodia estar no sentido do meu coração, apenas pela voz demonstrar o meu desespero, apenas pelo ritmo determinar o ritmo da minha felicidade.
Fiz coisas que talvez eu nunca faria. Pensei em coisas que eu nem sabia que existia. Chorei por motivos que eu nunca imaginei que choraria. E por fim, aqui estou eu.
Caí, desmoronei, me acabei por dentro. E por mais que tudo isso tenha acontecido, aqui estou eu...
É incrível como não conseguimos compreender uma coisa que acontece dia a dia, hora a hora, minuto por minuto e em tantas vidas.
Mas não vou dedicar o resto da minha pra descobrir isso. 



 Yohanna

4 comentários:

  1. Texto Belissimooooooo!
    Adorei... simplesmente perfeito!

    Obrigada pelas visitas e pelo carinho de sempre!

    Bjos Bom comecinho de final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo!
    É a primeira vez que vim aqui, e já gostei demais, mas confesso que fui atraída pelo nome do blog.
    Tem uma música com esse nome (você certamente, deve saber) que eu gosto muito, e me lembra coisas boas que eu vivi com uma pessoa.
    Quando entrei no blog vi que ele tem uma dona com muito talento
    Meus parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Que texto perfeito!
    Às vezes a gente pensa que as coisas só acontecem com a gente. E não é, né?

    Já estou com saudades..
    ver se não some! rsrs
    beijos querida ~

    ResponderExcluir

Comente! Don't be afraid, apenas let it be.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...