terça-feira

Sorry, blame it on me



Ela ainda precisa aprender muito. Suas reviravoltas estão se tornando mais constantes. O que poderá ser um problema sério ser não for solucionado logo. E quem poderá ajudá-la nisso? Assim como da outra vez ela sabe que terá ajuda de onde menos imaginava. Mas dessa vez é um pouco diferente. Ela tem amigos. Isso mesmo, amigos. Não é incrível? Quem poderia imaginar isso?
Tudo bem que eles ainda acham que ela não os considera amigos como deveriam ser considerados, e não percebem o avanço que já fizeram em sua relação com ela. O fato dela não falar muito sobre sua vida nada tem a ver com falta de confiança por parte dela, pelo menos é o que ela pensa, mas sim porque, apesar de tudo, ela ainda não possui forças suficientes para isso. E antes fosse apenas força. O que falta a ela também são as lembranças. Como já foi dito por muito tempo ela sepultou em uma lápide muito profunda de sua alma essas lembranças desses tempos tenebrosos. E isso não é apenas uma metáfora. Acham que foi fácil para ela trazer a tona aquelas vagas lembranças? Não, nem um pouco. Imagine então falar sobre aquilo. Ela prefere que aquilo fique apenas como uma cicatriz, mesmo que não desapareça, que já tenha sarado. Isso é tudo o que ela pede. Será que é demais? Será?
E vocês... Vocês sabem quem são vocês não é mesmo? Não se precipitem quando forem tirar conclusões sobre ela. Ela gosta de vocês, realmente. Dá para perceber isso. Basta analisarem algumas situações. Acham mesmo que ela agiria daquela forma se realmente não gostasse de vocês? Acham? Por favor, deem um pouco de crédito a ela. Ela talvez mereça. Talvez. Não se esqueçam também que vocês a ajudaram a se restabelecer.
Eu estava sozinha. E, em seguida, cercada por amigos. Como poderia ser o silêncio tão alto?”¹ Hoje ainda há momentos de silêncio profundo, mas não tão constantes quanto antes, e quase sempre são preenchidos por risadas, conversas, brincadeiras, whatever. De quem? De vocês, dela, deles, delas...
Ela tenta mas é quase um martírio para ela, sabe? Isso que vocês estão querendo... Ela é assim mesmo. E sabe que no fundo vocês a entendem perfeitamente. Pois como dizem os amigos são a família que podemos escolher e vocês a escolheram, e o melhor, ela escolheu vocês. E vocês não a escolheram sem nenhum motivo. Algo nela atraiu vocês. Algo na personalidade dela (podre, talvez), ou então no seu jeito blasé de ser. Será isso mesmo? Bem, isso apenas vocês sabem. É difícil tentar descobrir e explicar os motivos que nos fazem gostar de uma pessoa. O fato é que vocês gostam dela assim, com suas qualidades e defeitos. E ela agradece por isso.
“Eu botei minha dor dentro de uma garrafa. Eu acho que estou deixando a mentira. Dentro da minha mente todo dia que eu morro. O que me pode trazer de volta à vida?”² O que? Poucas coisas. E saibam que vocês é uma delas. Acreditem nela. É muito provável que vocês a tenham salvado dela mesma.


¹Ave Maria - Beyoncé
²Save The Hero - Beyoncé

domingo

Pessoas

sábado

Dilema





Ele: O que está acontecendo com você? Seja sincera
Ela: Olha.. Você percebeu que eu também tenho sentimentos ?
Ele: Não seja irônica.. Eu te conheço muito bem!
Ela: Conhecer é diferente de se importar.
Ele: O que você está querendo dizer?
Ela: Você vem.. Vai de novo.. Me pede ajuda, faz o que quer, e eu como sempre.. Aqui.
Ele: Está reclamando?
Ela: Não estou não. Você poderia ter dado mais valor. Eu sempre estive aqui, do teu lado. E  o que você fazia comigo? Você brincava.
Ele: Eu nunca menti quando dizia que te amava
Ela: Não estou questionando o seu amor..Uma relação, mesmo que de amizade, vai muito além disso, e você sabe.
Ele: Nunca te obriguei a nada. Eu te amo. Que saco, você complica tudo... Para com isso. Se permita ser feliz. Você não é culpada pelos problemas do resto do mundo nem tem que cuidar deles... Está sempre sofrendo. Fica comigo, o que passou, passou.
Ela: Você quer o quê? Que eu me transforme naquilo que eu não sou?
Ele: Quero só que você viva. É pedir demais?
Ela: Me desculpa.
Ele: Não falo isso por mim, falo por você. Eu te amo.
Ela: Eu não posso ficar com você. Me desculpa.
Ele: Eu já sabia. Te conheço mais do que você imagina. Vai levar um tempo até que você possa fazer isso.
Ela: Vai sim, mas eu ainda quero você.
Ele: Eu vou estar aqui te esperando... Eu prometo.
Ela: E eu te amo, mas você não é meu. Não precisa tentar ser.
Ele: Eu te amo. Nada faz sentido. Eu vou fazer o que meu coração está mandando.
Ela: Só me abraça agora, tudo bem?
Ele: Você nunca me disse nada... As coisas poderiam ter sido diferentes.
Ela: Poderiam, mais não foi.
Ele: Eu sei que você ainda me ama, eu sinto.
Ela: Eu sei, e eu te amo sim.
Ele: E então... Vamos nos dar uma chance? Você esperou muito tempo...
Ela: É por isso mesmo, eu tentei dizer de todas as formas. A dor é maior que tudo.
Ele: Eu quero você para mim, finalmente eu percebi...
Ela: A pena, é que percebeu tarde demais...
Ele: Como assim? Você me ama.. Por que não quer ficar comigo?
Ela: Sinceramente, não sei. Eu acabei superando... Entende?
Ele: Está dizendo que já aprendeu a conviver com o que sente?
Ela: Estou sim. Não desisti por não amar você o bastante... Desisti por não aguentar mais sofrer... E o que mais dói... Você sempre soube.
Ele: Eu não sabia o que fazer...
Ela: Enquanto você refletia no que fazer, eu tava sozinha, tentando te esquecer.
Ele: Não podemos mesmo ficar juntos?
Ela: Não, eu não posso.

Ele: Você também nunca me entendeu... Estava ocupada demais com as suas dores.
Ela: O que foi tão importante para você?
Ele: Eu queria ter tido alguém perto de mim... E não tive.
Ela: Você sabe que eu sempre estive, mas eu não corri atrás de você... Essa é a diferença.
Ele: Talvez seja, não sei. Ninguém nunca quis saber o que eu sinto, também.
Ela: E você nunca quis demonstrar. Às vezes as pessoas precisam se sentir amadas.
Ele: Eu sempre disse que te amava.
Ela: Disse sim, mais nem sempre as palavras bastam. Eu também queria ter percebido isso..
Ele: Está dizendo que eu nunca te amei?
Ela: Estou dizendo que você sempre me amou... Só deu valor quando percebeu que eu não estava mais ali contigo.
Ele: Apesar de qualquer coisa você era minha amiga.
Ela: Apesar de qualquer coisa eu sou humana, eu tenho sentimentos também. Me responde... quantas vezes você perguntou se eu queria ajuda?
Ele: Não tenta colocar a culpa em mim..
Ela: Não é o que eu estou querendo fazer. Só estou te mostrando o tempo que nós perdemos.
Ele: O que nós fizemos com nós mesmos? Porque destruímos isso?
Ela: Somos orgulhosos.
Ele: Somos...
Ela: Você fazia parte de mim... Eu abri mão dela.
Ele: Não queria que fosse assim.
Ela: Acredite, nem eu.
Ele: Será que é tarde demais?
Ela: Nunca é tarde demais... Tudo tem seu tempo certo.
Ele: O que fazemos agora? Viramos as costas... Deixamos o tempo apagar tudo?
Ela: É o que você faria?
Ele: É.
Ela: É o que nós vamos fazer.
Ele: Você sempre soube o que ia acontecer, né?
Ela: Era "uma coisa" que eu tinha certeza. Nunca foi "uma coisa" de verdade..
Ele: Por quê?
Ela: Porque acabou muito rápido, sem nenhum esforço.
Ele: Então... adeus.
Ela: É a pior hora... Não queria despedidas... O pior de tudo... Eu sei que sempre vou amar você.
Ele: Nós vamos superar. Sozinhos.
Ela: Eu queria pensar assim
Ele: Você é forte... Tanto quanto eu.
Ela: Eu não sei o meu limite.
Ele: Eu sei que vai ser difícil. Chore todas as lágrimas que puder, mas se levante
Ela: Eu vou tentar.
Ele: Eu te perdi, não foi?
Ela: Eu nunca fui sua... eu cansei.
Ele: De quê?
Ela: De te esperar. Eu tenho algo chamado coração. Não vivo pra você.
Ele: Não tente esconder. Você ainda me ama.
Ela: Amo sim e assumo, e sabe o que é mais difícil? Eu abri mão de tudo..
Ele: Nós ainda podemos ser felizes.
Ela: Não, eu não quero. Fiquei muito tempo com esse vazio, posso superar mais.
Ele: Para de ser orgulhosa... Você quer ficar comigo.
Ela: Não é orgulho, e eu já aprendi a conviver com o que eu sinto.. não quero ter que sofrer a mesma coisa depois.
Ele: Eu não vou te abandonar.
Ela: Você já foi embora da minha vida, eu tive que continuar, sem você. Quer que eu faça o quê? Continue confiando?



Texto da Yohanna  (?)

quarta-feira

 

- Me dê um motivo para acreditar em você. Só um.
- Eu te amo.
- Às vezes amar não é o bastante, sinto muito.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...