terça-feira

Ninguém




Ninguém sabe o que você sente quando o vento bate em seu rosto. 
Ninguém sabe o que você pretende fazer daqui a três, quatro ou cinco anos. 
Ninguém sabe dos seus gostos e dos seus desgostos.
 Ninguém sabe das suas certezas e das suas incertezas. Porque ninguém sabe sentar ao teu lado e perguntar se você já sabe o que não sabia, ou se continua sem saber o que sempre quis saber.
 Ninguém sabe se esse teu sorriso repentino é verdadeiro e cheio de coisas boas, ou se só é um disfarce dessa vida meio pesada. Porque ninguém sabe contar uma piada ou falar algo bom que te faça rir por muito tempo. 
Ninguém sabe se você escuta essa música lenta e bonita porque você gosta, ou só escuta porque te lembra alguém. 
Ninguém sabe dos seus amores profundos.
 Ninguém sabe dos seus olhares. 
Ninguém sabe se você olha aquele garoto bonito na parada de ônibus porque ele é atraente, ou se está sentindo uma pequena paixonite por ele. Porque ninguém sabe tirar um pouco de tempo do que está fazendo, e perguntar se você sabe quem vai ficar para sempre em sua vida. 
Ninguém sabe se você se veste assim, meio bagunçada, porque você é relaxada e não gosta de se vestir bem, ou se sua família é pobre e não tem dinheiro para comprar o que você deseja. Porque ninguém nunca sabe o que você deseja. 
Ninguém sabe se o que você sente é de verdade, ou se só é uma farsa. Porque ninguém nunca sabe se o que é de verdade é de mentira. 
Ninguém sabe se você toma café todos os dias de manhã para amenizar a dor de cabeça, ou se toma porque gosta. 
Ninguém sabe dos seus problemas. Porque ninguém consegue ficar por muito tempo para pedir que você divida os seus problemas com tal pessoa.
Ninguém sabe se você vive porque gosta, ou se a cada dia está pedindo a uma força maior para morrer.
 Ninguém sabe das tuas tristezas. Porque ninguém sabe que você tem abismos dentro de você mesmo, e todos os dias está prestes a pular de um. 
Ninguém sabe se o que você quer, é o que você sempre quis. Porque ninguém sabe permanecer o tempo suficiente para descobrir tudo o que você quer.
 Ninguém sabe se o seu maior sonho é ter um cachorro e uma boa família, ou morar sozinha num apartamento na cidade grande. 
Ninguém sabe se você frequenta aquele bar para beber e esquecer-se dos problemas, ou se está procurando um homem que te leve para cama. Porque ninguém nunca sabe olhar com amor nos lugares mais simples desse mundo.
 Ninguém sabe se você é calado porque quer, ou se tem medo de abrir a boca para esse mundo que não sabe ouvir. 
Ninguém sabe se você guarda tudo dentro de si mesmo, ou se joga tudo fora e recomeça tudo novamente. Porque ninguém nunca sabe repousar ao teu lado por tempo suficiente e recomeçar junto com você. 
Ninguém sabe dos seus tormentos.
 Ninguém sabe dos gritos de dores que correm dentro de você. 
Ninguém sabe se o seu quarto é bagunçado porque você é relaxada, ou se falta tempo para pôr tudo em ordem.
 Ninguém sabe se você sente falta e chora todas as noites com saudades, ou se é forte demais e consegue seguir em frente sem depender das pessoas. 
Ninguém sabe se essa sua maquiagem é para disfarçar as noites mal dormidas, ou se é porque você gosta de se sentir bonita e atraente. Porque ninguém sabe se aproximar de você e sussurrar que você é linda de qualquer jeito e não precisa disso tudo para chamar a atenção de ninguém.

Ninguém nunca sabe de nada. E quando querem saber, nunca ficam o tempo suficiente.


Alberto Lima, Ninguém nunca sabe de nada.  

Encontrei aqui.

*

domingo

Tantos e tantas




"Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Descobri tantas coisas. Tantas, Tantas. Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor. Que viver um amor. Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos. Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo! É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço. Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama." 

Fernanda Mello ou Caio Fernando Abreu? Se alguém souber, avise-me.





Tantas coisas para viver
Tantos livros para ler
Tantas músicas para ouvir
Tantas coisas estão por vir
Tanto ar para respirar
Tantas pessoas para amar

Gessy

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...