quinta-feira

Tomorrow





Amanhã é outro dia, aprendi isso ontem. 

                                             Caio Fernando Abreu


sexta-feira

Here I Am





  – Você não precisa lutar sozinha, e não tem que estar sempre certa. Deixe-me lutar por você também. Escute-me, preciso que saiba que não tem que fazer isso sozinha.
  – Eu... Não sei como explicar. Já deixei alguém entrar em minha vida... E agora estou com medo, porque da última vez que fiz isso essa pessoa esmagou meu coração. Mas aqui estou eu... Você... Pedindo-me isso. Eu quero aceitar. A única coisa que quero é ser feliz, e você... Você me faz feliz.
  – Então, o que estamos esperando?
  – Eu...
  Desviei os olhos dele. Não sabia o que dizer. Eu queria dizer "sim", mas a palavra não saia da minha boca. Algo dentro de mim impedia-me de dizê-la. A minha ferida mais profunda que ainda não cricatrizara. Sua atadura estava sendo aberta agora. E aquilo doía muito.
Uma voz dentro de mim tentava dizer: "Ele vai quebrar meu coração", mas uma outra voz, ainda mais profunda, também me dizia "Não, ele vai curá-lo".
Ele continuava me olhando com aquele brilho nos olhos.
  O amor é cheio de armadilhas. Quando quer se manifestar, mostra apenas a sua luz – e não nos permite ver as sombras que esta luz provoca. “Ridículo”, penso comigo mesma. Não existe nada mais profundo que o amor. Nos contos infantis, as princesas beijam os sapos e eles se transformam em príncipes. Na vida real, as princesas beijam os príncipes e eles se transformam em sapos. Mas ele estava ali, na minha frente, me olhando como se eu tivesse algo tão especial.
  Durante anos eu lutara contra meu coração, porque tinha medo da tristeza, do sofrimento, do abandono. Sempre soubera que o verdadeiro amor estava acima de tudo isto, e que era melhor morrer do que deixar de amar. Mas achava que apenas os outros tinham coragem. E agora, neste momento, descobria que eu também era capaz. Mesmo que significasse partida, solidão, tristeza, o amor valia cada centavo do seu preço.
  O que eu estava pensando? Não tinha me dado conta do quanto ele havia se tornado especial para mim. Seria possível depois de tanto tempo sem sentir nada novo? Sim, era possível. Era difícil acreditar, mas eu o amava.
  E aquele olhar...
  Depois de um silêncio suplicante, calmamente ele começou a falar:
  – O amor não está no outro, está dentro de nós mesmos; nós o despertamos. Mas para este despertar, precisamos do outro. O universo só faz sentido quando temos com quem dividir nossas emoções. E é com você que eu quero dividi-las.
  Ele aproximou-se mais e segurou minha mão, ficamos assim por alguns instantes. Então acariciei seus cabelos.
  – Está certo disso? 
  – O amor não faz muitas perguntas, porque, se começamos a pensar, começamos a ter medo. É um medo inexplicável, nem adianta tentar traduzi-lo em palavras. “Pode ser o medo de ser desprezado, de não ser aceito, de quebrar o encanto. Parece ridículo, mas é assim. Por isso não se pergunta – se faz. Como você mesma já disse tantas vezes, se correm os riscos."
  – Então vamos correr os riscos juntos.


Trechos dos livros Onze Minutos e Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei, de Paulo Coelho.

terça-feira

Ser Mulher...



Ser mulher é viver mil vezes em apenas uma vida,
é lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora,
é estar antes do ontem e depois do amanhã,
é desconhecer a palavra recompensa
apesar dos seus atos.
Ser mulher é caminhar na dúvida cheia de certezas,
é correr atrás das nuvens num dia de sol
e alcançar o sol num dia de chuva.
Ser mulher é chorar de alegria
e muitas vezes sorrir com tristeza,
é cancelar sonhos em prol de terceiros,
é acreditar quando ninguém mais acredita,
é esperar quando ninguém mais espera.
Ser mulher é identificar um sorriso triste
e uma lágrima falsa,
é ser enganada e sempre dar mais uma chance,
é cair no fundo do poço e emergir sem ajuda.
Ser mulher é estar em mil lugares de uma só vez,
é fazer mil papéis ao mesmo tempo,
é ser forte e fingir que é frágil pra ter um carinho.
Ser mulher é se perder em palavras
e depois perceber que se encontrou nelas,
é distribuir emoções que nem sempre são captadas.
Ser mulher é comprar, emprestar, alugar,
vender sentimentos, mas jamais dever,
é construir castelos na areia,
vê-los desmoronados pelas águas
e ainda assim amá-las.
Ser mulher é saber dar o perdão,
é tentar recuperar o irrecuperável,
é entender o que ninguém mais conseguiu desvendar.
Ser mulher é estender a mão a quem ainda não pediu,
é doar o que ainda não foi solicitado.
Ser mulher é não ter vergonha de chorar por amor,
é saber a hora certa do fim,
é esperar sempre por um recomeço.
Ser mulher é ter a arrogância de viver apesar dos dissabores,
das desilusões, das traições e das decepções.
Ser mulher é ser mãe dos seus filhos
e dos filhos de outros e amá-los igualmente.
Ser mulher é ter confiança no amanhã
e aceitação pelo ontem,
é desbravar caminhos difíceis em instantes inoportunos
e fincar a bandeira da conquista.
Ser mulher é entender as fases da lua
por ter suas próprias fases.
É ser "nova" quando o coração está a espera do amor,
ser "crescente" quando o coração está se enchendo de amor,
ser "cheia" quando ele já está transbordando de tanto amor
e "minguante" quando esse amor vai embora.
Ser mulher é hospedar dentro de si o sentimento do perdão,
é voltar no tempo todos os dias
e viver por poucos instantes coisas
que nunca ficaram esquecidas.
Ser mulher é cicatrizar feridas de outros
e inúmeras vezes deixar as suas próprias feridas sangrando.
Ser mulher é ser princesa aos 20,
rainha aos 30, imperatriz aos 40
e especial a vida toda.
Ser mulher é conseguir encontrar uma flor no deserto,
água na seca e labaredas no mar.
Ser mulher é chorar calada as dores do mundo
e em apenas um segundo já estar sorrindo.
Ser mulher é subir degraus
e se os tiver que descer não precisar de ajuda,
é tropeçar, cair e voltar a andar.
Ser mulher é saber ser super-homem quando o sol nasce
e virar Cinderela quando a noite chega.
Ser mulher é ter sido escolhida por Deus
para colocar no mundo os homens.
Ser mulher é acima de tudo um estado de espírito,
é uma dádiva,
é ter dentro de si um tesouro escondido
e ainda assim dividi-lo com o mundo!

Silvana Duboc
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...