sexta-feira

Here I Am





  – Você não precisa lutar sozinha, e não tem que estar sempre certa. Deixe-me lutar por você também. Escute-me, preciso que saiba que não tem que fazer isso sozinha.
  – Eu... Não sei como explicar. Já deixei alguém entrar em minha vida... E agora estou com medo, porque da última vez que fiz isso essa pessoa esmagou meu coração. Mas aqui estou eu... Você... Pedindo-me isso. Eu quero aceitar. A única coisa que quero é ser feliz, e você... Você me faz feliz.
  – Então, o que estamos esperando?
  – Eu...
  Desviei os olhos dele. Não sabia o que dizer. Eu queria dizer "sim", mas a palavra não saia da minha boca. Algo dentro de mim impedia-me de dizê-la. A minha ferida mais profunda que ainda não cricatrizara. Sua atadura estava sendo aberta agora. E aquilo doía muito.
Uma voz dentro de mim tentava dizer: "Ele vai quebrar meu coração", mas uma outra voz, ainda mais profunda, também me dizia "Não, ele vai curá-lo".
Ele continuava me olhando com aquele brilho nos olhos.
  O amor é cheio de armadilhas. Quando quer se manifestar, mostra apenas a sua luz – e não nos permite ver as sombras que esta luz provoca. “Ridículo”, penso comigo mesma. Não existe nada mais profundo que o amor. Nos contos infantis, as princesas beijam os sapos e eles se transformam em príncipes. Na vida real, as princesas beijam os príncipes e eles se transformam em sapos. Mas ele estava ali, na minha frente, me olhando como se eu tivesse algo tão especial.
  Durante anos eu lutara contra meu coração, porque tinha medo da tristeza, do sofrimento, do abandono. Sempre soubera que o verdadeiro amor estava acima de tudo isto, e que era melhor morrer do que deixar de amar. Mas achava que apenas os outros tinham coragem. E agora, neste momento, descobria que eu também era capaz. Mesmo que significasse partida, solidão, tristeza, o amor valia cada centavo do seu preço.
  O que eu estava pensando? Não tinha me dado conta do quanto ele havia se tornado especial para mim. Seria possível depois de tanto tempo sem sentir nada novo? Sim, era possível. Era difícil acreditar, mas eu o amava.
  E aquele olhar...
  Depois de um silêncio suplicante, calmamente ele começou a falar:
  – O amor não está no outro, está dentro de nós mesmos; nós o despertamos. Mas para este despertar, precisamos do outro. O universo só faz sentido quando temos com quem dividir nossas emoções. E é com você que eu quero dividi-las.
  Ele aproximou-se mais e segurou minha mão, ficamos assim por alguns instantes. Então acariciei seus cabelos.
  – Está certo disso? 
  – O amor não faz muitas perguntas, porque, se começamos a pensar, começamos a ter medo. É um medo inexplicável, nem adianta tentar traduzi-lo em palavras. “Pode ser o medo de ser desprezado, de não ser aceito, de quebrar o encanto. Parece ridículo, mas é assim. Por isso não se pergunta – se faz. Como você mesma já disse tantas vezes, se correm os riscos."
  – Então vamos correr os riscos juntos.


Trechos dos livros Onze Minutos e Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei, de Paulo Coelho.

8 comentários:

  1. Gosto desses dois livros....

    saudades daqui, querida...
    como andas?

    bjos

    ResponderExcluir
  2. É assim mesmo, amor. A gente tem medo de sofrer novamente, por isso, sempre acaba fugindo. Mas se ele é capaz de fazê-la feliz, não tem porque dá uma chance, não é?

    ResponderExcluir
  3. "- O amor não está no outro, está dentro de nós mesmo; nós o despertamos..." Gostei muito dessa frase, aliás do texto todo. E eu sempre estou disposto a correr esses riscos.

    ResponderExcluir
  4. Oi,Gessy fui obrigada a criar uma conta só para te seguir. Olha só como vc está importante.Bjim.

    ResponderExcluir
  5. Amei seu blog,gostei tanto que estou seguindo e sempre estarei por aqui a te ler e comentar, tenha um exelente domingo bjks.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o teu blog querida* Já tou a seguir, segues o meu? :) Passa a palavra do meu blog se gostares delel e se não te importares claroo *-* Bjs

    ResponderExcluir
  7. estou encantada com esse blog...
    sigo-lhe...

    um bjo bem grandeee..


    Fórmulas Padrões do Coração

    ResponderExcluir
  8. Bonito blog. Continue assim.

    ResponderExcluir

Comente! Don't be afraid, apenas let it be.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...