sábado

"Sou antissocial, sou cool!"

Perfil da pessoa no Tumblr, Twitter e afins: 

Chata - preguiçosa - antissocial - ciumenta - irritante - antipática - estressada etc etc de coisas ruins.

Como imaginamos a tal pessoa*: 

Como ela é no dia-a-dia**: 

Como ficamos diante disso*: 


Tento e tento, mas não consigo descobrir o que se passa na cabeça de uma pessoa que acha que ser antissocial é legal. Sem falar nos outros termos do tal perfil que me fariam ficar a pelo menos uma dimensão de distância da tal pessoa, porque convenhamos, de idiota delirante já basta uma (eu!), duas, causaria fissuras no espaço-tempo do Universo (ou não!). Voltando...Talvez isso aconteça pelos exemplos cinematográficos famosos que temos hoje em dia. Exemplos dos quais não cito, pois se você tiver um mínimo de conhecimento acerca de séries e filmes e livros saberá quais são.  Como muitos fantasiam sobre tudo o que veem por aí, acontece isso... 

Lembro-me da onda onda de descrever nos perfis a bipolaridade como uma característica cult. Confesso, eu fiz isso! Culpada! Mas, de fato durante alguns dias do mês grande parte das mulheres sofrem de uma bipolaridade muito bipolar. Embora depois de pesquisar e me informar mais acerca disso não fiz mais afirmações do tipo, muitas pessoas ainda preservam em seus perfis tais características. Creio que quem tenha mesmo o problema, que é muito grave e precisa ser controlado, não queira se expor tão publicamente assim. 

O mesmo acontece com os antissociais. Muitos precisam conhecer o verdadeiro significado desse termo, pois isso é um transtorno de personalidade. Talvez seja necessária uma campanha de desantisocialização (?) de perfis, assim como ocorreu com a bipolaridade.  Veja o que diz o site sobre umas das principais características desse transtorno: "Estabelece relacionamentos com facilidade, principalmente quando é do seu interesse, mas dificilmente é capaz de mantê-los." Completamente o contrário do pensamento de quem acha que um antissocial se isola de toda a gente e tem dificuldades para se socializar. Na era digital essas os antissociais estão juntos&misturados em meio a essa teia de usuários da Web, mas poucos realmente assumem tal característica quando ela é verdadeira e condizente com o real significado do termo. A não ser, é claro, que o façam anonimamente. 

Uma capricorniana que "tem poucos amigos porque padece dessa espécie de anti-sociabilidade". Uma frase do meu perfil do Blogger, que poucos sabem que deriva do livro "Como me tornei estúpido", aliás um livro muito bom (leiam!). Meus escassos (raros mesmo) amigos e até outros seres que julgam conhecer a minha pessoa já tacharam-me muitas vezes de antissocial, não discordo deles, não completamente. Julgaram algumas ações reclusas que são de minha natureza desde que eu me conheço por gente e carimbaram a minha testa com este termo, evoluindo de menininha tímida = garota antissocial = mulher misantropa.
 A minha misantropia desperta em mim um sentimento antissocial que só é controlado por um outro tipo de personalidade que faz com que eu tenha muito escrúpulos, contrapondo as vezes em que pesco pensamentos de um buraco negro multidimensional, onde as ideias são processadas em um liquidificador com uma boa dose de dinamite pangaláctica. É algo deveras paradoxal. 

Concluo que, chego ao fim do texto sem muita conclusão, mas reitero o que disse: não é bom ser antissocial. Ou sim! Se você ler o termo antissocial em um perfil muito cool e descolado já sabe que ali "tem caroço no angu"... Agora se for em qualquer outro lugar, incluindo o já citado, você sabe que não tem como saber se o que está escrito é verdade ou não, e mesmo se não for true fuja dessa pessoa... 

Conhece o Dexter (e o do livro)? Esse sim é um exemplo muito fiel do que é uma personalidade antissocial.
"Embora quase todos os psicopatas tenham transtorno de personalidade anti-social, apenas alguns indivíduos com transtorno de personalidade anti-social são psicopatas." Psicopatia 
****
Veja, bem, não sou profissional do ramo (Humm), não vou me prolongar, mesmo sabendo bastante sobre tal assunto (Pesquisei!), pois não quero que venham dar-me pitacos de que isso ou aquilo que eu disse está errado, e que não sou isso ou aquilo para falar isso ou aquilo, então já fica a dica para os haters. 

Se você ficou muito curioso e deseja mais informações (verdadeiras) vá procurar um psicólogo, psiquiatra ou psicanalista... Pode ser de grande valia para U.
Por falar nisso tenho uma consulta amanhã...  



* Gifs meramente ilustrativos, e foram realmente necessários para ilustrar melhor o início do post. 
** Pelo menos em 55 % dos casos, segundo pesquisas recentes feitas pela University Amassssathcisuts Oraio

8 comentários:

  1. A informção passou muito para valiosa. Eu tinha outro conceito de antisocial.

    ResponderExcluir
  2. Aposto que maioria desses que postam em seus perfis que são 'anti-sociais' não tem nem 15 anos ainda. Já passei por isso, conheço a situação. Devo-me consultar com um psicólogo, preciso descobrir a minha personalidade... Adianto que sou fascinado por alguns psicopatas, há algo neles que me atrai.

    Gostei dos gifs acima. Hilários!

    Abraços...

    Luiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a maioria está nessa faixa etária.
      Consulte mesmo! É fascinado desde que eles não te matem, certo?!
      Os gifs ilustram bem a situação.

      (:

      Excluir
    2. Com certeza, desde que sejamos amigos e cúmplices de algum plano maligno.

      Excluir
  3. Gostei da sua opinião. Você sabe muita coisa.
    Nunca vi esse tipo de descrição em um perfil adulto. Essa coisa parece que acontece mais na adolescência. Nessa fase qualquer tipologia que te diferencie da "massa" é bem-vinda... e mesmo uma característica negativa é adorada e idolatrada. "Você não é anti-social. Eu sou!", "Se você é bipolar eu sou mais". Rola esse tipo de disputa por quem é mais desgraçado (?). Falo isso por observações e experiências próprias... é bizarro crescer e enxergar isso.
    Hoje em dia quando eu vejo algo parecido eu penso comigo: "normal, normal... o amadurecimento um dia chega... é até saudável fazer esse tipo de coisa agora". Engraçado como isso soa arrogante de minha parte, mas nem ligo. Eu sei que é assim mesmo.
    Faz algum tempo que li esse texto. Foi um dos primeiros. Inclusive, foi aqui que descobri a palavra "misantropia". Sempre que vejo em algum lugar eu me lembro de você, rs. Não comentei por preguiça (sorry). Mas agora vim te encher com um textão pra anular o equívoco (que você nem ia saber se eu não dissesse...)

    Gosto dessa coisa de personalidade, distúrbios, transtornos e tudo mais. De verdade mesmo.

    Ps.:Você tinha uma consulta nessa época mesmo? Como é ir a um psicólogo? Sempre tive a curiosidade...

    Ah, e desconsidere os erros e redundâncias de linguagem. Eu nem revisei o que escrevi =/

    ResponderExcluir
  4. Adolescentes são muito influenciáveis por qualquer coisa, não é mesmo? Todos já passamos por essa fase. ou estão passando, ou irão passar... Então um dia olhamos para trás e pensamos: "tsc tsc"
    Sempre que vejo a palavra "misantropia", me lembro do Marvin. Ah, está desculpado, viu? rs

    Eu também gosto. Tanto que alguns textos aqui estão recheados desses assuntos nas entrelinhas... Opa, falei demais.
    Então, tinha, mas não fui. Ainda bem...

    Imagina só, reli meu texto e ele está cheio de erros de ortografia. Não se preocupe :~

    ResponderExcluir

Comente! Don't be afraid, apenas let it be.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...