sexta-feira



"Toda vez que chove, eu olho pela minha janela e vejo a chuva cair. Na maioria das vezes, a chuva de repente me anima, e um cheiro sobe e envolve tudo, um cheiro de terra, como a solidão. Eu fecho meus olhos e respiro, puxando a profunda solidão em meus pulmões. De repente eu vejo vislumbres minúsculos de luz; e me animo em ver como o cheiro de solidão transforma-se em perfume do amor. E mais uma vez, eu respiro profundamente o ar e peço ao Criador por um amor, um amor sem fim."





5 comentários:

  1. É uma delicia o cheiro da chuva e se sentir em casa.

    ResponderExcluir
  2. É lindo! :D

    E ainda continuo perdendo preciosos minutos de vida com as estrelinhas do cursor aki no blog... kk

    ResponderExcluir
  3. É tudo tão lindo ! Onde vc acha essas fotos tão marcantes que acompanham o texto. Nossa ! Parabéns . Sou sua fã . :D beijos

    ResponderExcluir
  4. Como na poesia, lugar onde coisas tristes ganham vida e se tornam belas...

    ResponderExcluir

Comente! Don't be afraid, apenas let it be.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...